quinta-feira, 24 de março de 2011

Úlcera por pressão


 A úlcera por pressão é um problema que frequentemente afeta idosos acamados e pode ser prevenida com cuidados simples tais como mudança de decúbito (pessoas restritas ao leito de 2/2horas e restritas a cadeira a cada uma hora), hidratação da pele seca e utilização de colchões especiais.


A úlcera é uma área localizada de necrose celular que tende a se desenvolver quando o tecido mole é comprimido entre uma proeminência óssea e uma superfície dura por um período prolongado de tempo. 

       
      * Normalmente desenvolve-se em região de calcâneo e sacral, nádegas, trocânteres, cotovelos e tronco.



    * Pode ser classificada em estágio I à IV de acordo com a profundidade de comprometimento tecidual. 

Estágio 1

É um eritema da pele intacta que não embranquece após a remoção da pressão. Em indivíduos com a pele mais escura, a descoloração da pele, o calor, o edema ou o endurecimento também podem ser indicadores de danos.

Estágio 2

É uma perda parcial da pele envolvendo a epiderme, derme ou ambas. A úlcera é superficial e apresenta-se como uma abrasão, uma bolha ou uma cratera rasa.

Estágio 3

É uma perda da pele na sua espessura total, envolvendo danos ou uma necrose do tecido subcutâneo que pode se aprofundar, não chegando até a fáscia muscular. A úlcera se apresenta clinicamente como uma cratera profunda.

Estágio 4

É uma perda da pele na sua total espessura com uma extensa destruição ou necrose dos músculos, ossos ou estruturas de suporte como tendões ou cápsulas das juntas


Para prevenir é importante alguns cuidados com a pele do paciente. A atuação fundamental é no alívio da pressão da pele, nas áreas de maior risco, ou onde se tem ossos mais proeminentes. Alguns cuidados são bem importantes,e podem ser realizados desde em casa ou no hospital.

* Importante: áreas avermelhadas não devem ser massageadas, para não aumentar a área já lesionada.

 * O tratamento da ferida consiste em limpeza da lesão com jato de soro fisiológico, preferencialmente morno. O jato é conseguido perfurando-se o frasco de soro com uma agulha 40X12 ou 30X8. Este jato tem a propriedade de limpar a ferida sem destruir o que o próprio organismo vem reconstruindo.

 * Se há presença de escaras (crosta preta e endurecida) sobre a lesão, esta deverá ser retirada por um profissional médico ou enfermeiro especializado.

Existem vários produtos para auxiliar no tratamento das úlceras de pressão. A indicação fica a critério médico ou de enfermeira especializada. Os resultados são bastante eficazes.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário